top of page
  • ABP

ABP TV - Desmistificando a esquizofrenia




A esquizofrenia é uma doença mental que segundo dados da Organização Mundial da Saúde - OMS, é a terceira causa de perda da qualidade de vida entre os 15 e 44 anos. Segundo estimativas ela atinge cerca de 1,6 milhões de brasileiros. 


Entre os seus principais sintomas estão delírios, alucinações, alterações de pensamento, alterações de afetividade, indiferença, dificuldade de concentração. A causa do desenvolvimento da esquizofrenia ainda é desconhecida, mas a combinação de alguns fatores genéticos, cerebrais e do ambiente podem desencadear a doença.


O tratamento da esquizofrenia tem como objetivo o controle dos sintomas e a retomada da rotina, trabalho e relacionamento com amigos e familiares. 


Para falar sobre o assunto, o ABP TV desta terça-feira, dia 16 de abril, recebe os psiquiatras Ary Gadelha e Fabio Gomes. 


Conheça os participantes: 


Ary Gadelha - Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Psiquiatria e Psicologia Médica da EPM/UNIFESP e contemplado com o Prêmio Capes de Tese na área Medicina II. Atualmente é Coordenador do Programa de Esquizofrenia da EPM/UNIFESP (PROESQ) e Orientador Credenciado pela Pós-graduação do Departamento de Psiquiatria da EPM/UNIFESP. Professor Adjunto e Vice-Chefe do Departamento de Psiquiatria da EPM/UNIFESP. 


Fabio Gomes - Doutorado/PhD em Psiquiatria pela Universidade de Edimburgo. Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal do Ceará, Preceptor e Professor da Residência Médica em Psiquiatria do Hospital Universitário Walter Cantídio, Membro do Corpo Editorial da Revista da Associação Brasileira de Psiquiatria, Membro do Corpo Editorial do Jornal Brasileiro da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e Membro do Corpo Editorial da Revista de Psiquiatria da Universidade de São Paulo


O programa ABPTV é transmitido ao vivo pelo Facebook da ABP, Canal ABPTV no Youtube, pelo Instagram da ABP (@abpbrasil) ou pelo site da Associação. Participe você também enviando suas perguntas pelos espaços de comentários das transmissões ou pelo Linha Direta no site da ABP, clicando aqui.

Comments


bottom of page