• ABP

ABP TV Setembro Amarelo®: suicídio em crianças e adolescentes


Por muito tempo, crianças e adolescentes constituíam um grupo que aparentemente não apresentavam risco para o suicídio. No entanto, infelizmente essa realidade é bem diferente: a Organização Mundial da Saúde - OMS publicou em seu último relatório que o suicídio é a quarta principal causa de morte de jovens entre 15 e 29 anos, ficando atrás dos acidentes no trânsito, tuberculose e violência interpessoal.


Em nosso país, as estatísticas também são preocupantes. Segundo o boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde, os casos de suicídio entre adolescentes aumentaram 81% entre 2010 e 2019. Por que as taxas de suicídio entre crianças e adolescentes não param de aumentar? Como conversar sobre esse assunto com os mais jovens? Quais são os sinais que pais e educadores devem se atentar?


Na próxima terça-feira, 20 de setembro, o ABP TV vai ao ar às 20h30 com o tema Especial Setembro Amarelo®: suicídio em crianças e adolescentes. Participam os médicos psiquiatras:

  • Dra. Alexandrina Meleiro: médica psiquiatra, Doutora em Psiquiatria pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - USP, onde também leciona, membro da Comissão de Estudos e Prevenção ao Suicídio da ABP.

  • Dr. Antônio Alvim: professor adjunto do Departamento de Saúde Mental da Universidade Federal de Minas Gerais. Coordenador do Departamento de Psiquiatria da Infância e da Adolescência da ABP.

  • Dra. Sheila Caetano: professora Adjunta do Departamento de Psiquiatria e Vice-coordenadora Pós Graduação em Psiquiatria da UNIFESP Universidade Federal de São Paulo. Coordenadora do Programa Desenvolvimento Integral de Crianças e Adolescentes e da Residência Médica em Psiquiatria da Infância e Adolescência da UNIFESP/EPM. Associada titular da ABP.


O programa ABP TV é transmitido pelo Facebook da ABP, Canal ABPTV no Youtube, pelo Instagram da ABP (@abpbrasil) ou pelo site da Associação. Participe você também enviando suas perguntas pelos espaços de comentários das transmissões ou pelo Linha Direta no site da ABP, clicando aqui.