• ABP

ABP TV debate o tema: falácias em psiquiatria

Atualizado: 23 de ago.


A ciência, de forma geral, está passando por momentos complexos: fake news, desinformação, ou simplesmente, a ignorância são alguns dos obstáculos atuais. No caso da psiquiatria, os desafios são ainda maiores, pois existe o estigma e o preconceito que cercam a profissão. Quebrar esses tabus e conscientizar a população sobre assuntos relacionados à saúde mental é fundamental.


O próximo ABP TV vai apresentar o tema "Falácias em Psiquiatria", que dá sequência à série Especial CBP. Vamos falar especificamente sobre a diminuição do número de suicídios, tratamento do autismo infantil, uso ideológico do tema gênero e cannabis medicinal e psiquiatria.


O programa acontecerá ao vivo no dia 23 de agosto, às 20h30. Participam os médicos psiquiatras:


  • Dra. Clara Trahtman: associada titular da ABP, membro titular do Hospital Moinhos de Vento, Conselheira da Associação Médica do Rio Grande do Sul - AMRIGS, Representante da Especialidade de Psiquiatria pela Associação de Psiquiatria do RS. Estágios no Centre Hospitalier Sainte-Anne de Paris e Universidade de Ulm- Alemanha; Lecionou na PUC, CCYM, FUMM, HPSP e Faculdades Canadenses, atual ULBRA.

  • Dr. Francisco Assumpção: médico psiquiatra, Mestre e Doutor em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Livre Docente pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - USP.

  • Dra. Giulietta Aparecida Cucchiaro: associada titular da ABP, Título de Especialista em Psiquiatria e Psiquiatria de Infância e Adolescência pela AMB e ABP. Doutorado pela Universidade de Heidelberg - Alemanha, Pós-doutorado pela UNICAMP na área de epidemiologia dos transtornos mentais da infância e adolescência.

  • Dr. Marcelo Allevato: Médico Psiquiatra (ABP/CFM), Mestre em Psiquiatria (IPUB/UFRJ), Membro Titular da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), International Fellow of the American Psychiatric Association (APA)


O programa ABPTV é transmitido pelo Facebook da ABP, Canal ABPTV no Youtube, pelo Instagram da ABP (@abpbrasil) ou pelo site da Associação. Participe você também enviando suas perguntas pelos espaços de comentários das transmissões ou pelo Linha Direta no site da ABP, clicando aqui.