top of page
  • ABP

ABP TV: como o conhecimento sobre esquizofrenia pode combater o preconceito?


Falar sobre saúde mental sempre foi um tabu e, historicamente, as doenças mentais são alvo de estigma. Se antes os padecentes de transtornos psiquiátricos eram considerados "demonizados", hoje em dia a falta de informação faz com que essas pessoas ainda sejam deixadas às margens da sociedade, sem receber o atendimento médico adequado e, muitas vezes, vivendo sem dignidade.

Uma das doenças mentais mais estigmatizadas é a esquizofrenia, caracterizada por pensamentos e comportamentos que parecem não ter contato com a realidade. O ABP TV da próxima terça-feira, 19 de abril, vai abordar o tema "Como o conhecimento sobre esquizofrenia pode combater o preconceito?".


Participam os médicos psiquiatras:

  • Dr. Ary Gadelha: associado titular da ABP, Coordenador Geral do Programa de Esquizofrenia da UNIFESP (PROESQ). Vice-Presidente da Associação Brasileira de Neurociências Clínicas. Orientador credenciado pela pós-graduação do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP.

  • Dra. Sônia Motta Palma: médica psiquiatra, Psiquiatra da Infância e Adolescência, Doutora em Ciências pelo Departamento de Psicobiologia/ UNIFESP, Professora de Psiquiatria - Universidade de Santo Amaro, Docente Colaboradora da Pós Graduação em Educação e Saúde na Infância e Adolescência - UNIFESP.

O ABP TV é ao vivo às 20h30 e é transmitido pelo Facebook da ABP, Canal ABPTV no Youtube, pelo Instagram da ABP (@abpbrasil) ou pelo site da Associação. Participe você também enviando suas perguntas pelos espaços de comentários das transmissões ou pelo Linha Direta no site da ABP, clicando aqui.




Posts recentes

Ver tudo

As escolas são ambientes de aprendizagem e desenvolvimento social para os adolescentes, um local que deve ser reconhecido como seguro. Porém, infelizmente, muitos adolescentes vivenciam práticas de co

bottom of page