• ABP

ABP TV: como o conhecimento sobre esquizofrenia pode combater o preconceito?


Falar sobre saúde mental sempre foi um tabu e, historicamente, as doenças mentais são alvo de estigma. Se antes os padecentes de transtornos psiquiátricos eram considerados "demonizados", hoje em dia a falta de informação faz com que essas pessoas ainda sejam deixadas às margens da sociedade, sem receber o atendimento médico adequado e, muitas vezes, vivendo sem dignidade.

Uma das doenças mentais mais estigmatizadas é a esquizofrenia, caracterizada por pensamentos e comportamentos que parecem não ter contato com a realidade. O ABP TV da próxima terça-feira, 19 de abril, vai abordar o tema "Como o conhecimento sobre esquizofrenia pode combater o preconceito?".


Participam os médicos psiquiatras:

  • Dr. Ary Gadelha: associado titular da ABP, Coordenador Geral do Programa de Esquizofrenia da UNIFESP (PROESQ). Vice-Presidente da Associação Brasileira de Neurociências Clínicas. Orientador credenciado pela pós-graduação do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP.

  • Dra. Sônia Motta Palma: médica psiquiatra, Psiquiatra da Infância e Adolescência, Doutora em Ciências pelo Departamento de Psicobiologia/ UNIFESP, Professora de Psiquiatria - Universidade de Santo Amaro, Docente Colaboradora da Pós Graduação em Educação e Saúde na Infância e Adolescência - UNIFESP.

O ABP TV é ao vivo às 20h30 e é transmitido pelo Facebook da ABP, Canal ABPTV no Youtube, pelo Instagram da ABP (@abpbrasil) ou pelo site da Associação. Participe você também enviando suas perguntas pelos espaços de comentários das transmissões ou pelo Linha Direta no site da ABP, clicando aqui.