• ABP

Simpósio Nacional do Presidente debate ética e corrupção


Além dos temas médicos, o XXXVIII CBP abordou outra questão igualmente importante: a ética e a corrupção em nosso país. Coordenado pelo presidente da ABP, Dr. Antônio Geraldo da Silva, o Simpósio Nacional, que aconteceu no dia 07 de outubro, recebeu o Professor Dr. Ives Gandra, um dos maiores juristas do país, o Senador Pedro Simon, que ocupou o cargo durante 15 anos, e o Deputado Federal Germano Bonow, médico com ampla carreira política.


O simpósio começou com o Dr. Ives Gandra ressaltando assuntos importantes sobre a temática no Brasil. “Segundo uma pesquisa publicada recentemente, mais da metade da população acredita que o Poder Judiciário coloca a democracia do país em risco. No entanto, as pessoas precisam entender que o Judiciário não é político, mas sim uma governança técnica que representa a Lei e o povo”, defendeu.


Durante o momento, os três convidados compartilharam suas experiências e pontos de vista. Para o Senador Pedro Simon, estamos vivendo um momento difícil em que a sociedade deve se unir urgentemente. “O Brasil está polarizado e nenhum dos dois lados é ideal. Temos que nos unir em um movimento com o objetivo de encontrar um caminho.”


O Dr. Bonow relatou os dilemas éticos que viveu durante sua carreira de médico e político. “Como secretário de saúde, teve um episódio que estávamos sem vacina e precisei importar do Uruguai. Mesmo sendo uma decisão ilegal, cumpri com a minha ética, pois foi assim que 500 mil crianças foram vacinadas”, contou.


Para o Dr. Antônio Geraldo, é essencial debater esse assunto em todos os espaços possíveis. “Convidei esses três colegas porque são verdadeiros exemplos e líderes da luta ativa pela ética e anticorrupção. Isso nos dá esperança de que precisamos continuar nessa jornada”, finalizou.