• ABP

I CBP Online consagra qualidade dos eventos online da ABP


Realizado nos dias 23 e 24 de outubro, o I Congresso Brasileiro de Psiquiatria - CBP Online atraiu milhares de pessoas para a plataforma online da ABP. Em 2020, devido às restrições relacionadas a aglomerações, consequências da pandemia de Covid-19, a Associação Brasileira de Psiquiatria se viu diante do desafio de promover atualização científica com segurança, mantendo a qualidade dos eventos da instituição.


Após uma sequência de eventos online bem sucedidos, a ABP reuniu de forma totalmente digital mais de 8 mil inscritos para acompanhar o I CBP Online. Foram realizadas mais de 40 horas de transmissão ao vivo, divididas em duas salas simultâneas e em dois dias.


53 palestrantes nacionais e internacionais compuseram a programação científica do Congresso, que contou com conferências, mesas redondas, sessões de Como eu faço/trato e simpósios. Ao todo, 24 sessões científicas compuseram a programação do evento, que entrou pra história como o primeiro Congresso Brasileiro de Psiquiatria Online!


"Está é uma atividade histórica, excepcional, nunca fizemos um CBP Online. Tivemos que inovar e nos reinventar com este sucesso e somos o primeiro congresso de área médica do mundo em 2020", afirma o presidente da ABP, Dr. Antônio Geraldo da Silva.


Conferencista de abertura do I CBP Online, a Dra. Carmita Abdo falou sobre as implicações da Covid-19 na saúde mental da população brasileira, ressaltando a importância do trabalho do médico psiquiatra, apresentando o tema "No rastro da Covid-19, perdi o meu rumo: chama o psiquiatra". A psiquiatra ressaltou a importância do tema escolhido pela comissão científica para abertura do evento:


"É uma honra participar deste evento, que está superando todas as expectativas, ainda mais em sua abertura. O risco da pandemia tem um paralelo muito importante, que é o sofrimento psíquico: os transtornos mentais que vão aflorar e se agravar com ela, e as consequências individuais e também coletivas da Covid-19 na saúde, na economia e no âmbito social", explicou a professora, que continuou: "o psiquiatra está envolvido em cada uma dessas frentes, porque cuidamos do nosso paciente não só no campo da saúde, mas também quando o impacto econômico é negativo e quando ele está socialmente isolado, impossibilitado de compartilhar essa convivência. O paciente sofre e isso tem uma repercussão sobre o seu quadro, com consequências muito mais graves".


Inovação em tempos desafiadores


Participante do primeiro Congresso Brasileiro de Psiquiatria, em 1973, o Dr. Walmor Piccinini foi convidado a presidir uma das conferências no I CBP Online, ocorrida no sábado, dia 24. Para ele, essa nova realidade precisa ser comemorada.


"Sei que a Diretoria da ABP estava empenhada em realizar o Congresso de forma presencial. Infelizmente, o tempo foi passando e nada da pandemia recuar. A decisão de realizar online, a rápida organização e adesão maciça dos associados, bem como dos palestrantes, foi fundamental para o sucesso", destacou o psiquiatra gaúcho.


O Dr. Walmor destaca ainda que 800 participantes, entre médicos e psicólogos, estiveram presentes no primeiro CBP e este resultado foi festejado à época: "tive a felicidade de estar presente em 1970. Era jovem, mas com muita vivência em psiquiatria. O Congresso da ABP era um apêndice do congresso da APAL, mas o entusiasmo foi grande. Estive presente e participante nos dois Congressos. Acho que para isto tem que ter uma dose de sorte, estar saudável e lúcido."


"A ABP teve um desenvolvimento contínuo ao longo dos seus 54 anos de existência, mas não há dúvida que nos últimos dez anos deu um salto exponencial. Estamos armados para um futuro que se apresenta promissor. Só podemos agradecer a diretoria da ABP na pessoa do seu presidente pela agilidade e grande capacidade de enfrentamento às dificuldades do momento", finaliza o associado jubilado.


Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP

Rua Buenos Aires, 48 - 3º andar - Centro • CEP: 20070-022 - Rio de Janeiro, RJ

E-mail: abp@abp.org.br // Tel: (21) 2199-7500 // Horário: Segunda à sexta 9h - 18h