• ABP

Transtorno dismórfico corporal: saiba do que se trata a doença psiquiátrica


É muito comum se olhar no espelho e não gostar de tudo o que se vê. As pessoas, em geral as mulheres, sempre acham um defeito na aparência e fazem de tudo para mudar: excesso de maquiagem, exercícios físicos, dietas da moda e, até mesmo, cirurgias plásticas são algumas das principais atitudes.


Numa sociedade em que estamos sendo constantemente avaliados pela nossa aparência, a preocupação com a imagem é contínua. No entanto, essa atenção exagerada pode virar uma doença mental séria, conhecida como transtorno dismórfico corporal.


Nesta doença, o paciente cria um foco obsessivo em um defeito em sua aparência, que pode ser pequeno ou até mesmo imaginado. Essa condição psiquiátrica se inicia, na maioria das vezes, no período da adolescência e causa enorme sofrimento ao indivíduo.


“Primeiro, existe uma mudança comportamental, em que o paciente passa a fazer suas atividades rotineiras, como ir ao supermercado, tarde da noite com o objetivo de não se encontrar com ninguém”, explica a Dra. Fátima Vasconcellos, médica psiquiatra e diretora da Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP.


A estimativa é que o transtorno atinja de 1% a 2% da população. Saiba mais sobre o transtorno disfórmico corporal, uma doença tão pouco falada, no novo vídeo do Canal da Psiquiatria: