• ABP

Saiba como foi a 1ª sessão do Cinepsiquiatria no Kinoplex!


Na última quarta-feira, 17 de agosto, aconteceu a exibição de estreia do Cinepsiquiatria, promovida pela Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP e pelo Kinoplex, a maior rede de cinemas do país. A primeira sessão dessa parceria foi realizada no ParkShopping, em Brasília, e lotou a sala com a transmissão do filme "Elvis", que conta a história de um dos cantores mais famosos do mundo. Além de assistir ao longa, os convidados participaram do posterior debate com especialistas.


A iniciativa, criada em 2016, une o cinema e o conhecimento científico para levar informações e orientações sobre as doenças psiquiátricas e saúde mental à população. "No Cinepsiquiatria, nós não debatemos a vida das pessoas, ou seja, não vamos falar sobre a pessoa Elvis. Mas vamos falar sobre o que o filme trouxe e o que observamos, sob o viés da Psiquiatria", explicou o Dr. Antônio Geraldo da Silva, presidente da ABP, durante a abertura do debate.


"O diretor do filme, Baz Luhrmann, pesa a mão às vezes. Suavidade não é muito a marca do Baz Luhrmann e isso super funciona no filme do Elvis, um filme que tem 2h40 e passa muito rápido, ele dá um frenesi e parece que talvez você quase vive a carreira magistral e astronômica do Elvis", pontuou o roteirista Guilherme Monteiro.


Além da dependência química, que era um grande problema que o cantor enfrentava, a Dra. Renata Figueiredo, presidente da Associação Psiquiátrica de Brasília - APBr, destaca outro tipo de dependência vivido por Elvis: a afetiva. "Nós notamos que ele era totalmente dependente do seu relacionamento com a sua mãe e depois essa dependência afetiva foi migrada para a relação com o seu empresário", afirmou a médica psiquiatra, que também participou do debate.


"Agradeço muito à ABP pela parceria. Acreditamos que o cinema é uma grande fonte de cultura e desenvolvimento social e, quanto mais pudermos usar as nossas salas nesse sentido, mais estaremos certos de que estamos no caminho que definimos como missão para nossa empresa, que é de levar o cinema a todos. Logo estaremos com o Cinepsiquiatria no Brasil inteiro durante todo o ano!", ressaltou Patrícia Cotta, head de Marketing do Kinoplex.


"Gostaria de agradecer imensamente a todos os presentes e agradecer especialmente ao Kinoplex. Vamos percorrer o Brasil inteiro com o Cinepsiquiatria e convido os colegas psiquiatras que participem conosco levando conhecimento científico de qualidade à população", concluiu o Dr. Antônio Geraldo.


A partir de setembro, o Cinepsiquiatria acontecerá em cinemas Kinoplex de todo o país com sessões abertas ao público, com valor de entrada de R$ 10. Acompanhe as redes sociais da ABP para conferir as próximas sessões do Cinepsiquiatria e não deixe de participar quando o projeto chegar à sua cidade!