• ABP

Psiquiatria em Pauta debate a regulamentação da telemedicina no Brasil


O avanço das tecnologias proporciona diversas mudanças no dia a dia de todos e no exercício das profissões. Com a Medicina, não é diferente. Debatida desde 2018, a telemedicina foi uma prática fundamental durante o ápice da pandemia de Covid-19 e mostrou que, mesmo em momentos em que o isolamento social não é necessário, pode ser benéfica para toda a população.


No dia 05 de maio, o Conselho Federal de Medicina - CFM publicou a Resolução nº 2.314/2022 no Diário Oficial da União, definindo e regulamentando a telemedicina, como forma de serviços médicos mediados por tecnologias de comunicação.


O 19º episódio do podcast Psiquiatria em Pauta traz o assunto para o debate e tira diversas dúvidas dos ouvintes: como isso impacta na rotina dos médicos? Como a privacidade dos pacientes é mantida? Quais são os pontos negativos e positivos dessa nova realidade?


Conheça os convidados da semana:


  • Dr. Antônio Geraldo da Silva: médico psiquiatra, especialista em Psiquiatria Forense pela AMB/ABP, membro do comitê permanente de sessões científicas na Associação Mundial de Psiquiatria – WPA. Doutor pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Presidente da ABP.

  • Dr. Emmanuel Fortes: médico psiquiatra, associado efetivo da ABP, membro da Câmara Técnica de Psiquiatria do CFM. Conselheiro licenciado do CFM.

  • Dra. Rosylane Rocha: Cirurgiã Geral, Médica do Trabalho e Médica Perita. Pós-graduada em Valoração do Dano Corporal pela Universidade de Coimbra, Doutora em Bioética pela Universidade do Porto Supervisora de Residência em Medicina do Trabalho na Escola Superior de Ciências da Saúde. Conselheira Regional e Federal de Medicina. Presidente da Associação Nacional de Medicina do Trabalho. 2ª Vice-presidente do Conselho Federal de Medicina.

Ouça agora o episódio do podcast e descubra o que a Psiquiatria tem a dizer sobre os vilões do cinema! Estamos nas principais plataformas de streaming de áudio: Apple Podcasts, Deezer, Google Podcasts e Spotify.