• ABP

Presidente da ABP fala sobre Psicofobia na Assembleia Legislativa do Espírito Santo


No dia 12 de abril, Dia Nacional do Enfrentamento à Psicofobia, o Dr. Antônio Geraldo da Silva, presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP, foi convidado para palestrar sobre Psicofobia na Assembleia Legislativa do Espírito Santo - ALES, na reunião extraordinária da Comissão de Saúde e Saneamento.


O dia integra o calendário oficial do estado, por meio da Lei nº 11.350/2021 sancionada pelo Governador José Renato Casagrande, após Projeto de Lei proposto pelo Deputado Estadual Dr. Emílio Mameri. "Esse é um momento importante e histórico aqui para o nosso estado, nós que estamos trabalhando muito com relação à implantação dos cuidados com a saúde mental em todo o Espírito Santo, inclusive com a frente parlamentar da saúde mental. Hoje nós teremos a oportunidade de apresentar essa Lei sobre o Dia da Psicofobia", disse o Deputado Dr. Emílio Mameri sobre a reunião.


Durante a apresentação, o presidente da ABP e coordenador nacional da campanha contra a Psicofobia, explicou a origem do neologismo Psicofobia, que foi criado pelo Dr. Antônio Geraldo após uma entrevista realizada com o humorista Chico Anysio. Na ocasião, o grande mestre do humor revelou que fazia tratamento para depressão há 24 anos e, se não fosse por isso, não teria conseguido atingir seus grandes feitos.


Dr. Antônio Geraldo durante palestra sobre Psicofobia

Além disso, ele apresentou dados mundiais sobre saúde mental, destacando a triste realidade que os brasileiros vivem. Atualmente, somos o país mais ansioso e o segundo mais depressivo do mundo, com 19 milhões e 11,5 milhões de padecentes, respectivamente. O Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking mundial de doenças mentais. “Nós somos um país de pessoas ansiosas e nós somos um país de pessoas tristes. Nós não somos um país de pessoas alegres, como se diz, porque nós temos uma população deprimida. A questão é: essa população tem acesso a tratamento?", questionou o Dr. Antônio Geraldo.


O presidente da ABP falou sobre a realidade dos padecentes de doenças mentais no Brasil, que em razão do preconceito e estigma, não buscam tratamento psiquiátrico adequado. "A Psicofobia faz com que as instituições não ofereçam o tratamento necessário. Assim, aumentam os índices de suicídio. Praticamente todos os casos de suicídio são de padecentes de doenças mentais que não receberam assistência médica", afirmou o Dr. Antônio Geraldo.


Após a exposição do tema, o Dr. Antônio Geraldo respondeu a perguntas realizadas pelos membros da Reunião Extraordinária e agradeceu o convite para participar, destacando a importância da sanção da Lei. "Esse é um dia muito especial para todos nós, porque geralmente, os padecentes de doenças mentais são deixados de lado e acabam não tendo oportunidade de tratar e ter os melhores cuidados. Por isso, tenho a certeza de que essa Lei é muito importante para os mais de 50 milhões de brasileiros que padecem de algum tipo de doença psiquiátrica. Quero agradecer imensamente o convite feito pelo deputado Dr. Emílio Mameri e Dr. Hércules de vir aqui falar nessa comissão que é extremamente importante para nós, falar sobre a Psicofobia", finalizou o Dr. Antônio Geraldo da Silva.




Campanha contra a Psicofobia


No site oficial da campanha, estão disponíveis uma série de materiais para download, como posts, folhetos informativos e release para a imprensa. Compartilhe os nossos materiais informativos com sua família, amigos e colegas de trabalho para falar sobre esse tema que é tão importante: o combate ao preconceito contra os padecentes de doenças mentais.


Acesse o site www.psicofobia.com.br. Vamos juntos lutar contra o estigma porque o #PreconceitoDói!