top of page
  • Foto do escritorABP

Especial Bullying: como perceber se meu filho está sofrendo a violência?


O último vídeo da série Especial Bullying do Canal da Psiquiatria aborda um tema de suma importância para os pais e responsáveis pelas crianças e adolescentes: como identificar se meu filho está sofrendo bullying? Quem responde a essa pergunta é a Dra. Andrezza Brito, médica psiquiatra especialista em Infância e Adolescência.


Segundo a doutora, além de diversas consequências na saúde, o impacto que o bullying causa é tão expressivo, que se torna a principal causa de tentativas ou de suicídio entre crianças e adolescentes em todo o mundo. "Um passo muito importante é identificar alterações comportamentais. Por exemplo, a criança não querer ir à escola, passar mal fisicamente antes ou durante as aulas, ter crises de choro e de ansiedade, pedir com frequência para trocar de escola, se mostrar muito irritado ou com oscilações de humor, voltar da escola com hematomas ou com material escolar danificado, diminuição do rendimento escolar", são alguns dos pontos de atenção que a Dra. Andrezza elencou.


Assista ao vídeo na íntegra:


Campanha contra o Bullying e Cyberbullying


Durante o mês de fevereiro, a Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP promove a Campanha contra o Bullying e Cyberbullying. Em seu segundo ano de realização, a iniciativa busca chamar atenção para esse grave problema que atinge todos os países do mundo e pode gerar graves consequências à saúde física e mental de crianças e adolescentes.


Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, em 2021, 23% dos estudantes afirmaram ter sido vítimas de bullying. O levantamento aponta, ainda, que um em cada dez adolescentes dos 188 mil entrevistados já se sentiu ameaçado, ofendido e humilhado em redes sociais ou aplicativos, sendo vítima do cyberbullying.

Na página oficial da campanha, você encontra mais informações e posts que podem ser usadas nas suas redes sociais. Compartilhe e marque a @abpbrasil, usando as hashtags #ABPContraoBullying e #DeleteEssaIdeia. Acesse: www.abp.org.br/contra-o-bullying.


Como parte das ações da campanha, o Canal da Psiquiatria no YouTube dedicou o mês de fevereiro à série Especial Bullying. Confira abaixo os vídeos e compartilhe o conteúdo com quem precisa!





Kommentare


bottom of page