• ABP

Dia Mundial da Pessoa com Esquizofrenia: saiba mais sobre a doença mental


O dia 24 de maio é marcado pelo Dia Mundial da Pessoa com Esquizofrenia, uma doença mental séria que acomete cerca de 23 milhões de indivíduos em todo o planeta, de acordo com a Organização Mundial da Saúde - OMS. A esquizofrenia é um sério problema de saúde, caracterizado pela perda de contato com a realidade, alucinações, delírios, pensamentos e comportamentos anômalos.


Normalmente, os sintomas começam a se manifestar na adolescência, sendo a terceira maior causa de perda de qualidade de vida entre os 15 e 44 anos de idade, segundo a OMS. No Brasil, estima-se que 1,6 milhão de pessoas sejam diagnosticadas com esquizofrenia, que além de sofrer com a doença, ainda são estigmatizadas pela sociedade e, até mesmo, pelos próprios profissionais de saúde.


Embora as causas não sejam totalmente conhecidas, o diagnóstico precoce e o tratamento adequado são fundamentais para fornecer uma vida digna ao paciente. O preconceito e o estigma são os principais motivos que fazem com que a pessoa não procure um médico psiquiatra, então falar sobre esse assunto sem tabu é fundamental para ajudar quem vive com a doença. É importante lembrar também que doenças mentais não tratadas podem aumentar o risco de suicídio, que no caso de pessoas diagnosticadas é de 4% a 10% ao longo da vida.


O que podemos fazer para diminuir o estigma?


- Se informar sobre a esquizofrenia a partir de fontes seguras;

- Falar sobre saúde mental em diversos espaços, como escolas, empresas e faculdades;

- Ações de psicoeducação com pessoas próximas ao paciente, principalmente familiares;

- Conhecer e compartilhar histórias de padecentes da doença que vivem de forma digna por receberem o tratamento adequado.


Com o objetivo de informar a população e, também, profissionais de saúde sobre a doença, a Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP possui uma série de programas ABP TV sobre a esquizofrenia. Para assistir, clique aqui.