top of page
  • ABP

As Brabas de mãos dadas com o Setembro Amarelo®


No mês de prevenção ao suicídio, time de futebol feminino do Corinthians abraça a campanha.


Setembro é o mês de prevenção ao suicídio e para alertar a população sobre a importância da conscientização e combater o estigma das doenças mentais, as jogadoras do time de futebol feminino do Corinthians abraçaram a campanha da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), o Setembro Amarelo®.


Na noite da quinta-feira (14), as Brabas, como é conhecida a equipe, entraram no Parque São Jorge de mãos dadas com representantes de entidades e psiquiatras associadas ABP vestindo a camisa da campanha. O jogo do Campeonato Paulista foi contra o EC São Bernardo e reuniu dezenas de torcedores nas arquibancadas que apoiaram a iniciativa.


A assessora do time paulistano falou sobre a atividade: "Ações para promover o debate sobre saúde mental são fundamentais em nossa sociedade. Hoje a atenção com a mente é tão fundamental quanto qualquer outro cuidado que estamos acostumados a fazer de forma rotineira. O mundo está em constante transformação e os profissionais desta área se capacitam diariamente para auxiliar as pessoas a enfrentarem seus desafios pessoais, que existem, são normais e merecem toda a atenção".


As médicas psiquiatras associadas ABP, Flávia Ismael e Cinthia Périco, marcaram presença em campo e alertaram para a falta de investimento do país em saúde mental. "No Brasil cerca de 1% do orçamento da saúde pública vai para a saúde mental. Estamos falando de transtornos depressivos que acometem cerca de 15% da população e os transtornos ansiosos que atingem uma parcela muito grande também e sabe-se que a maioria das pessoas que cometem suicídio sofrem de transtorno mental", alerta Flávia.


Segundo ela, para ajudar a combater o suicídio é preciso dar acesso ao tratamento adequado para a população. Por sua vez, Cinthia acredita que na saúde privada a saúde mental também é negligenciada. "As operadoras de saúde não dão a devida atenção para o tema. Até pouco tempo, a saúde mental não era coberta pelos planos", destaca Cinthia.


As médicas destacaram que essas ações da campanha Setembro Amarelo® são muito importantes para conscientizar a população e é essencial ocupar estes espaços para dialogar e alertar a sociedade. "Queremos parabenizar a ABP e o Corinthians por dar a oportunidade deste tema aparecer, ser visto e falado, pois isso é fundamental para a gente combater a psicofobia", frisam.


"É muito importante ter o apoio de um clube de futebol, esporte mais popular do nosso país, e da dimensão do Corinthians, com as brabas, nessa nossa luta diária na conscientização que o suicídio pode e deve ser evitado. Para nós é uma enorme honra contar com um parceiro deste nível ", finalizou o presidente da ABP, Dr. Antônio Geraldo da Silva.


Comentarios


bottom of page