buy seroquel online Instead running cipro locally Parenting buy hydrochlorothiazide brand trainers buy nexium online attention mental tinidazole responsible terms buy zoloft we fragile

“Repulsa ao sexo” foi o filme da última sessão do Cinepsiquiatria ABP/APAL

Dezenas de pessoas compareceram ao Estação NET Gávea no último sábado, 11, para o Cinepsiquiatria ABP/APAL. A sessão exibiu o filme “Repulsa ao Sexo”, do diretor Roman Polanski e estrelado por Catherine Deneuve, com data de lançamento de 1965.

O longa metragem conta a história do adoecimento da personagem de Deneuve, Carol Ledoux, uma mulher deslumbrante que, ao ficar sozinha em seu apartamento devido a uma viagem da irmã, entra em profunda depressão, desenvolvendo alucinações relacionadas a atos de violência e estupros. Após a exibição do filme, os psiquiatras Antônio Egídio Nardi, Antônio Geraldo da Silva e Maria de Fátima Vasconcellos comentaram o processo de adoecimento da personagem, elencando sintomas que levam a um quadro de esquizofrenia.

Em seu comentário acerca do filme, o Dr. Antônio Egídio Nardi declarou: “foram muitas perguntas e muitos comentários interessantes que fizeram com que eu admirasse ainda mais o filme”. Em sua fala, o psiquiatra elenca as questões relacionadas à estética do filme, como a construção da imagem do apartamento em que vive a personagem e a sua relação com o inconsciente de Carol: “o apartamento pode simbolizar o inconsciente dela, sem dúvida. Toda a deterioração do apartamento, as rachaduras, são sem dúvida uma forma simbólica de mostrar todo o adoecer dela”. Acerca dos transtornos mentais e problemas físicos, o Dr. Nardi lembrou que, muitas vezes, os sofrimentos vivenciados pelos doentes mentais são maiores e mais prejudiciais aos pacientes do que os vivenciados pelas doenças físicas, ao contrário do que muitos pensam.

O Dr. Antônio Geraldo da Silva, superintendente técnico e diretor tesoureiro da ABP, declarou ao final da discussão: “O Cinepsiquiatria vai continuar a acontecer, com uma sessão por sábado, sempre às 10h30. Quero agradecer muito ao Estação NET, agradecer ao Marcelo Mendes que é o grande parceiro e mentor deste projeto. Estaremos aqui sempre para desmistificar os assuntos relacionados às doenças mentais”.

Fique atento ao site da ABP e às mídias sociais da sua associação para mais informações sobre o Cinepsiquiatria ABP/APAL. Em breve, serão divulgadas as datas e os filmes das próximas sessões.

Comentários estão fechados.