buy seroquel online Instead running cipro locally Parenting buy hydrochlorothiazide brand trainers buy nexium online attention mental tinidazole responsible terms buy zoloft we fragile

Orgulho de Ser Psiquiatria: conheça o Dr. Leonardo Baldaçara (TO)

Nascido em São Paulo, mas criado no sul de Minas Gerais, na cidade de Itajubá, o nosso homenageado da semana é o Dr. Leonardo Baldaçara, coordenador da Comissão de Emergências Psiquiátricas da ABP. Casado e pai de um menino, com 40 anos recém completados, o Dr. Baldaçara graduou-se em Medicina pela Universidade de Taubaté e afirma que deste a faculdade já se interessava pela psiquiatria.

“Desde os primeiros anos da faculdade me interessei por algumas áreas: endocrinologia, terapia intensiva, neurologia e psiquiatria. Por maior interesse e oportunidades fui progressivamente tendo mais afinidade pela última. Participei da Liga de Psiquiatria, participei de projetos científicos e li muito sobre a área”, explica o homenageado, que também é professor do Curso de Medicina da Universidade Federal do Tocantins.

O médico psiquiatra continua contando que o que mais o atraiu “foi o fato da doença mental comprometer a capacidade de uma pessoa de decidir por si mesma, o direito da livre escolha. Não há algo mais prazeroso que melhorar a qualidade de vida do paciente e permitir que ele recupere sua autonomia. Não há bem mais valioso na vida do que a liberdade, cujo doente mental não consegue aproveitar de forma plena”.

Sobre os principais desafios da especialidade, o Dr. Leonardo Baldaçara acredita que o maior deles é “manter o pensamento médico tradicional e uni-lo ao pensamento científico imparcial em prol da melhora da qualidade de vida do paciente. A psiquiatria ainda é uma área de grande tabu na sociedade e que sofre ainda influência de preconceito, estigma e do pensamento empírico e coloquial. Cada vez mais nossa especialidade precisa se colocar como uma área técnica e cientificamente fundamentada”, onde também destaca a qualidade da ciência produzida hoje pela psiquiatria brasileira: “saímos de uma psiquiatria tradicionalista, onde existiam escolas com pensamentos diferentes uma das outras, para o pensamento técnico científico, fundamentado”.

Quando perguntado o porquê do orgulho em ser psiquiatra, declara:

“Quanto mais trabalho, mais pessoas fascinantes conheço. Ajudo muitas, mas também aprendo muito com elas. Os pacientes desenvolvem diversas formas para lidar com a doença e adoro observar essas estratégias individuais. Cada ser humano, por mais doente que esteja, é uma riqueza de atitudes, de informações, de desfechos. Além disso, somos profissionais que trabalham com casos que quase nenhuma outra área quer lidar. Os vínculos são mais profundos. E como já falei pode-se unir o conhecimento médico tradicional, com aspectos psicológicos e com a aplicação da ciência”.

O Dr. Leonardo Baldaçara tem orgulho de ser psiquiatra e a ABP também orgulha-se em tê-lo como associado!

Conheça também os outros homenageados do Orgulho de Ser Psiquiatra.

Comentários estão fechados.