ABP TV: “Infância, adolescência e psicofarmacologia”, com Dr. Fábio Barbirato e Dr. Fernando Ramos Asbahr

A Psiquiatria da Infância e Adolescência, área dedicada ao estudo das patologias psiquiátricas neste público, busca cada vez mais compreender as implicações deste período de descobertas e aprendizagens na saúde mental.

De acordo com dados de pesquisa encomendada ao IBOPE pela Associação Brasileira de Psiquiatria, em 2008, 12,6% dos brasileiros de 6 a 17 anos sofrem com algum tipo de transtorno mental, o que significa aproximadamente 5 milhões de crianças com doenças psiquiátricas.

Assim como em adultos, o tratamento dos transtornos psiquiátricos em crianças e adolescentes pode demandar o uso de psicofármacos para manejo dos sintomas. Para tanto, é necessário que o psiquiatra esteja preparado para atender de maneira adequada, tomando cuidados também com a prescrição do medicamento.

Na próxima segunda-feira, 16, o programa ABP TV recebe os psiquiatras Fábio Barbirato e Fernando Ramos. Nossos convidados compartilharão com os internautas sua experiência clínica e conhecimento científico acerca do tema.

Participe enviando a sua pergunta pelo Linha Direta do Portal da Psiquiatria ou pelos comentários ao vivo nas transmissões do Facebook e do Youtube, no canal do ABP TV. Conheça abaixo os participantes do próximo programa:

– Dr. Fábio Barbirato: médico psiquiatra com Título de Especialista pela ABP, coordenador do Setor de Psiquiatria da Infância e Adolescência da Santa Casa do Rio de Janeiro, professor coordenador do Curso de Atualização em Psiquiatria da Infância e Adolescência na mesma instituição; Membro Internacional da Academia Americana de Psiquiatria da Infância e Adolescência.

– Dr. Fernando Ramos: médico psiquiatra, Doutor em Psiquiatria pela Universidade Federal de São Paulo – USP e Pós-Doutor pela USP e pelo National Institute of Mental Health (EUA); professor credenciado ao departamento de Pós-Graduação da USP, coordenador do Programa de Transtornos Ansiosos na Infância e Adolescência do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (IPq-HC-FMUSP).  

Comentários estão fechados.